Terça-feira, 20 de Dezembro de 2011

O Que Me Passa Pela Cabeça 2#

 Toda a minha infância sonhei ter aquela vida de filme. Não aquela cheia de dinheiro e tal mas a outra. Aquela em que vivemos numa casa típica de um bairro simpático, em que a nossa melhor amiga cresceu ao nosso lado, em que o pai tem um emprego tão bom que a mãe não precisa de trabalhar, em que temos um irmão mais velho chato mas que até gosta de nós, em que temos um labrador todo fofo e coisas assim.

Deitava-me e imaginava como seria o meu dia se vivesse nos Estados Unidos, sim isto com pouco mais de 7 anos. Via muitos filmes na altura e isso lá contribuiu para a minha obsessão que ainda hoje dura.

Claro que hoje não peço uma casa num bairro simpático, peço um apartamento no meio de Nova Iorque porque o resto pouco posso alterar.

São sonhos, sonhos como milhares têm. Eu quero tirar criminologia e sair daqui o mais depressa possível. Embora todas as pessoas de quem eu goste estejam aqui eu não me sinto bem. Sinto que me falta uma parte, todos os dias digo que nasci no país errado e quando o digo parece-me tão certo. Sempre dominei bem o Inglês desde que o comecei a aprender, a meio das minhas conversas lá vem uma ou outra frase em Inglês, raios todos os dias mudo por instantes o fuso horário do meu telemóvel para o de Nova Iorque. Posso parecer mal agradecida por tudo o que tenho mas eu dava qualquer coisa para estar lá e não aqui. 

 

A música de Natal é uma coisa que não me está a assistir, vou mudar.

E enquanto os outros desabafam comigo sobre paixões pelas quais nem estão a dispostos a lutar a 100% e notas que facilmente se recuperam eu estou a lutar para não me largar a chorar por causa dos meus problemas que ninguém se digna a saber se existem ou não.

publicado por cate às 18:35
link do post | comentar | favorito
25:
De Mαrgαs a 20 de Dezembro de 2011 às 18:41
adorei! :) e concordo plenamente eu também era assim e continuo a ser! ;p
De Filippa a 20 de Dezembro de 2011 às 19:46
enquanto uns nasceram gays ou lésbicas tu nasceste para viver em nova iorque. nada mais sim ples ;)
De » Inês a 20 de Dezembro de 2011 às 20:25
não sei :// estudar ;c
De Mag a 20 de Dezembro de 2011 às 20:56
Não pareces mal agradecida. Simplesmente tens uma paixão por Nova Iorque e eu entendo isso perfeitamente.
=O Eu disse que não me importo que me mandes e-mail! Manda e desabafa!
Sim, vou tentar...
Beijocas!
De Joana a 20 de Dezembro de 2011 às 21:30
obrigada, muito obrgada mesmo!! <3

Um dia vais realizar o teu sonho querida, acredita que sim :)

Beijinhos
De Mag a 20 de Dezembro de 2011 às 23:35
Não parece egoísta, por vezes temos apenas de seguir o nosso caminho. Pensar em nós não tem necessáriamente de ser egoísta.

O meu e-mail está na minha página de perfil. Quando quiseres/puderes, já sabes =)
De umaraparigadesapatilhas a 20 de Dezembro de 2011 às 23:50
já experimentaste falar com ela? pode ter-se passado alguma coisa que ela não gostasse e não tenha tido coragem para te dizer, às vezes os adultos são mais cobardes que os adolescentes.
De » Inês a 21 de Dezembro de 2011 às 00:15
é o que dá a mudança de curso -.-'

tenho que te contar! tive 17 a potuguês *-*
De Joana a 21 de Dezembro de 2011 às 11:42
e vais conseguir :)
De PequenoCachimbo ™ ®© a 21 de Dezembro de 2011 às 12:31
hai pha, nem o melhor cozinheiro do mundo chega aos calcanhares das avos...em comida nem esse cozinheiro de meia tigela abafa! as cotas tao no sempre pha! xpp...
--
'-' o people consegue ser muito egoista ao ponto de nao se dignar a querer saber se os outros tambem teem ou nao problemas..ok, isso pode ate parecer que é cusquisse, mas se for de um amigo, nao é cusquisse nenhuma...é preocupaçao...mts vezes é mesmo o facto de so pensarem neles mesmo e tal..
mas ma friend, se tiveres algum problema e precisares desabafar, tens o meu mail, portando... mandas um mail aqui à je e desabafa phai :)...


bijooo
o/ hasta

Comentar post