Quinta-feira, 24 de Novembro de 2011

Sempre 1#

"In the deepest hour of the night, confess to yourself that you would die if you were forbidden to write. And look deep into your heart where it spreads its roots, the answer, and ask yourself, must I write?"

 

- Rainer Rilke

 

 

 

p.s. Amanhã respondo aos vossos comentários. Tenho a cabeça a milhares à hora neste preciso momento.

publicado por cate às 00:15
link do post | comentar | favorito
25:
De Mag a 24 de Novembro de 2011 às 15:22
Loved it!
De Isabela a 24 de Novembro de 2011 às 22:16
Olá querida, o que se passa? Beijinhos.
De G a 25 de Novembro de 2011 às 22:47
yeah you must!
De p;αndяαde. ॐ a 26 de Novembro de 2011 às 02:16
não tens nada que agradecer. ♥
De ghostgirl-araparigainvisivel a 26 de Novembro de 2011 às 21:51
Love it <3
De ghostgirl-araparigainvisivel a 26 de Novembro de 2011 às 21:53
E sim deves escrever =) É como terapia, uma limpeza do que sentimos. O lugar mais seguro para escrever grande parte da nossa alma. Mais do que nada, escrever para mim é essencial. É deitar tudo cá para fora. Ter sempre algo a que nos agarrar. Escrever liberta, é um amigo.
De Starfloo Malfoy a 27 de Novembro de 2011 às 14:02
Parabéns amorzinho *---*
De » Inês a 27 de Novembro de 2011 às 14:23
PARABÉNS !!!!!!!!!!!! :DDDDDD
De avery. a 1 de Dezembro de 2011 às 19:41
não tens certezas do que iria acontecer, devias falar assim que pudesses, talvez até corresse bem. in my case, isso não ia acontecer nem eu preciso dela para estar bem.
não há mal.
De Joana a 1 de Dezembro de 2011 às 20:07
So espero é que estejas bem nao tens nada que pedir desculpa :D

Beijinhos

Comentar post